CORREIO DO POVO-A PRIMEIRA SEMANA DE UM JORNAL CENTENARIO

Código: 9788520507414 Marca:
R$ 35,00
Comprar Disponibilidade: Imediata Aproveite! Resta apenas 1 unidade
  • R$ 35,00 Entrega
  • R$ 35,00 Boleto Bancário
  • R$ 35,00 American Express, Visa, Diners, Mastercard, Aura, Hipercard, Elo
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Poucas marcas se confundem tanto com o Rio Grande do Sul quanto Correio do Povo. Fundado por Caldas Júnior, em 1º de outubro de 1895, há 120 anos, o jornal, inicialmente com quatro páginas, cresceu e dominou o Estado. Impôs-se pela adesão popular como um patrimônio gaúcho. Quem foi Caldas Júnior?

Um historiador é um repórter que investiga o passado e faz das suas grandes reportagens narrativas de descobrimento de mundos soterrados pelo tempo. Como era o Rio Grande do Sul de 1895? Como foi a primeira semana do Correio do Povo? O que foi publicado? Qual foi a primeira “reportagem” do novo jornal?

As primeiras seis edições do jornal, publicado originalmente de terça-feira a domingo, são uma janela para um modo de vida que passou. Que autores se liam na época? Como era o humor do Correio do Povo? Falava-se de sexo? Como se apresentavam os anúncios publicitários? Qual foi o enfoque do primeiro folhetim, “Os Farrapos”, publicado pelo jornal? De que modo a trágica biografia do pai, um homem de convicções fortes, influenciou o filho a buscar o equilíbrio, empenhando-se em fazer o jornalismo gaúcho passar de político-partidário ou defensor de causas públicas ou pessoais a “noticioso, literário e comercial”? Este livro relê a primeira semana de um jornal que se tornou centenário sem deixar de ser matinal.

Produtos relacionados

R$ 35,00
Comprar Disponibilidade: Imediata Aproveite! Resta apenas 1 unidade
Pague com
  • PagSeguro V2
Selos

DNR Delta Livraria e Papelaria Eireli - CNPJ: 92.357.748/0001-64 © Todos os direitos reservados. 2021